1. Atividades de Inscrição e Atividades Livres

Actividades de Inscrição:

Alfabetização
Desporto
Informática
Inglês I e II
Música
Português I e II

*As atividades decorrem em três trimestres: Outono (Set – Dez 2016), Inverno (Jan – Mar 2017), e Primavera (Abr – Jun 2017), terminando cada um com a entrega de diplomas de participação.

 

Atividades Livres:

30 minutos com Deus;
Artes Plásticas & Artesanato;
Cinema;
Hora do Conto;
Jogos de Mesa;
Sons, Saberes e Sabores;

*Decorrem semanalmente, com excepção de 30 minutos com Deus, quinzenal, e Cinema, mensal.

 

Inscrições

*Obrigatórias para Atividades de Inscrição; mais informações na receção do Centro.
*As Atividades Livres dispensam inscrição, basta aparecer à hora de começo.

Paula Correia | Animadora Sociocultural

 

2. A Experiência de Ensino da Língua Portuguesa no Centro Comunitário São Cirilo

A minha experiência de ensino de Português no CCSC resume-se a estas três quadras.

Embarquei há cinco anos
Numa grande “barcarola”aulas-de-portugues-16-17
Sob a bendita inspiração
De Santo Inácio de Loyola.

Humor, humildade e alegria
Com quem aprende Português.
Tão recompensada não me antevia
Vindo de todo o mundo o freguês.

Africanos, asiáticos ou europeus,
Não importa a nacionalidade.
Todos unidos e rezando ao seu Deus,
Vão aprendendo sem dificuldade.

A todos desejo  felicidades e espero que possam refazer as suas vidas no nosso grande e pequenino Portugal.

Maria do Carmo Ribeiro | Professora de Português I

 

3. Integração no Centro e a Aprendizagem da Língua portuguesa

quirguistaoA integração no Centro não foi difícil. Apesar de vir de um país muito diferente, o Quirguistão e não falar português, uma das minhas filhas fala muito bem português. Quando não estava a minha filha, comunicava por gestos. Às vezes resultava outras não.

Quando fui aprender a língua, aí sim foi difícil. O português é difícil. Mas as professoras ensinam bem, fazem-me repetir as palavras e escrevê-las. Estar também com outras pessoas no Centro que falam português tem sido uma ajuda para conseguir comunicar. A aprendizagem do português tem sido a minha grande dificuldade, porque sem saber a língua não posso trabalhar.

Makhprathkon Isakova| Quirguistão