Voluntariado

O Centro São Cirilo conta com uma rede de voluntários que, com disponibilidade e generosidade, oferecem diariamente o seu tempo para complementar os apoios disponíveis, apresentando-se como uma dimensão essencial no cumprimento da nossa missão.

Áreas de Voluntariado

São várias as formas de se envolver, tendo disponibilidade de tempo, na missão do Centro.

Os principais tipos de voluntariado regulares que fazem parte da missão do Centro são:

Atividades de Inscrição e Livres

1 ou 2 vezes por semana, entre 1 e 2 horas por dia; Funções: lecionar aulas de Português (Apoio, Alfabetização, Português I e II), Inglês (I e II), Informática, Hora do Conto, Tai-chi, Ioga, Teatro, Música…

Recolha de alimentos e Elaboração de cabazes alimentares

1 vez por semana, cerca de 1 hora por dia; Funções: recolher alimentos em fim de prazo de validade, nos supermercados parceiros (até às 17h), para serem entregues nos cabazes alimentares, diariamente. É necessário ter viatura própria.

Banco de roupa

1 ou 2 vezes por semana, cerca de 2 horas por dia; Funções: selecionar e organizar a roupa doada e apoiar os utentes que recorrem ao Banco de Roupa na procura das suas necessidades.

Elaboração de cabazes alimentares

1 vez por semana, cerca de 2 horas por dia; Funções: selecionar os alimentos que chegam dos supermercados parceiros, distribuí-los pelos cabazes de alimentos conforme a composição dos agregados beneficiários, entregar os cabazes às famílias apoiadas à porta do Centro São Cirilo.

Outros Tipos de Voluntariado

Ajuda à Procura de Emprego; Gabinete Médico: consultas de Clínica Geral, Psiquiatria e Medicina Chinesa; Barbeiro/Cabeleireiro; Apoio no preenchimento do IRS; Acompanhamento de Utentes a Serviços; Apadrinhamento; Apoio a partir de competências específicas dos voluntários.

Perfil do Voluntário

São quatro as características que os voluntários do Centro assumem com grande generosidade:

* O compromisso, na assiduidade e pontualidade com as responsabilidades assumidas.

* A gratuidade, como atitude própria de quem está em missão, exclusivamente ao serviço dos utentes do Centro.

* O sentido de corpo, que faz com que o “projeto São Cirilo” seja cada vez mais de todos e de cada um, e que passa pela liberdade em sugerir melhorias e alterações e pela participação nas reuniões e eventos da casa.

A promoção da autonomização do utente, numa atitude de capacitação, evidenciando o melhor de cada utente e evitando a criação de dependências afetivas ou económicas.

Testemunhos dos voluntários

Como ser Voluntário

Como ser Voluntário

Subscreva a nossa Newsletter